Sábado, 20 July 2013 03:51

A História de Roy

Avalie este item
(0 votos)



Roy é um cão SRD, portador de sarna demodécica, que sofreu maus tratos metade de sua vida.

Seu dono dava murros nele, não o alimentava direito e Roy vivia acorrentado 24 horas por dia.

Foi feita uma denúncia, e nesta denúncia, disseram que ele era um pitbull, por isso, um pessoal especializado em resgates de pitbulls foi até o local para resgatá-lo e se deparou com Roy, um vira-latas gigante.

Nas condições em que Roy se encontrava, não podiam deixá-lo lá, e então, ele foi resgatado.

Um ano e 3 meses se passaram até que eu senti a necessidade de ter um cão de guarda. Pensei em um pitbull decidi entrar em contato com esse pessoal.

Me ofereceram o Roy, porque eu já tinha duas cadelas e 8 gatos, todos também resgatados da rua.

Quando Roy chegou em casa, após algumas horas de socialização, ele me atacou, avançou nas cadelas, e foi extremamente agressivo na hora de comer, não deixava ninguém chegar perto e tivemos problemas para afastá-lo do prato. Mas mesmo assim não desistir de Roy.

Depois disso, muitos dias se passaram, e com dedicação e paciência, hoje Roy convive muito bem conosco, come junto com as meninas, cada um no seu pratinho.

Ele me deixa mexer em seu prato de ração a qualquer momento sem demonstrar nenhum tipo de agressividade.

Roy tem aproximadamente 3 anos de idade. Faz mais de 2 meses que o adotei, e comigo ele virou um doce de cachorro. Nunca mais avançou em mim, e hoje todos os ataques que eu sofro são assim, de extremo amor e gratidão.

 

Érica Kamisaki

 

 

Lido 4109 vezes