Segunda, 18 October 2010 20:32

A História de Kiara e Pimpolho

Avalie este item
(0 votos)

Por Eta Maria (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. )

 

Numa tarde de dezembro, estávamos eu, meus filhos e neto na nossa varanda quando apareceu na rua uma linda cadela amarela, peluda e gorda. Não parecia ser abandonada. Meu neto se encantou com ela e pediu-me para deixá-la ficar.

Como já tinha três cães (adoro cães), acomodei-a na varanda, colocando ração e água.  

Ela permaneceu conosco por três dias. Na manhã do quarto dia, quando abri a porta de casa ela desceu as escadas, olhou para mim, para o portão e ao abrí-lo ela se foi.

Agora vem o melhor: após alguns dias estávamos nós, final de tarde, conversando na varanda, meu neto brincando na rua, quando surge a nossa cadela acompanhada de um filhote, lindo, grande, amarelo como a mãe.

Não preciso dizer que os dois foram recolhidos, não é mesmo. Era dezembro, perto do Natal, não poderíamos jamais ignorar os cães.

Meu neto adorou e colocou na cadela o nome de Kiara e no filhote (hoje grande e forte, lindo e muito meigo) o nome de Pimpolho. Estamos muito felizes com eles e mais a Meg, a Nina e o Jack. Todos muito amados.

            Essa é a nossa história.

Lido 5220 vezes