Domingo, 18 Outubro 2009 02:24

Segunda sem carne - Ecologia da boca para dentro.

Avalie este item
(0 votos)
São Paulo lança campanha “Segunda sem Carne” – Ecologia da boca para dentro!
 
Que o consumo de carne não faz bem para ninguém, não é mais novidade. Não faz bem para as pessoas, não faz bem ao planeta e muito menos aos próprios animais. A novidade agora é o envolvimento do poder público do município de São Paulo, que depois de se engajar no “Dia sem Carro”, lança agora através da secretaria de Meio Ambiente a campanha “Segunda sem Carne”. Em parceria com entidades como a Sociedade Vegetariana Brasileira, Greenpeace e outras, a campanha convida as pessoas a deixarem de comer carne um dia da semana, na segunda-feira. A iniciativa se justifica do ponto de vista ambiental, pela enorme degradação que a pecuária promove. Para se produzir 1 quilo de carne, desmata-se na Amazônia 10 mil metros quadrados de floresta. Consome-se 15 mil litros de água doce e a energia gasta manteria uma lâmpada de 100W acesa por 20 dias. A emissão de gases do efeito estufa relativa a um único quilo de carne equivale a 250 Km rodados de carro. Tudo isso sem falar no trabalho escravo, invasão de reservas indígenas e grilagem de terras.
Pelo lado da saúde, sobram estudos que correlacionam o consumo de carne ao aumento na incidência de câncer de intestino, diabetes, hipertensão e câncer de próstata.
Tem também a questão importantíssima que é a situação dos animais utilizados como matéria prima na industria de alimento. Agora, estas industrias, querem ser conhecidas como industrias de proteína, e não mais como matadouros, abatedouros ou frigoríficos. É a fase final da transformação dos animais (seres sensíveis e conscientes) em coisas, em matéria prima, em recursos econômicos. A tortura e a morte de animais para alimentação é incompatível com uma cultura de paz. A alimentação sem carne é uma forma de praticar a não-violência.
Voltando ao lançamento da campanha, que já existe em alguns países europeus, a proposta faz um convite para redescobrir sabores, ampliar o repertório de alimentos no cardápio das pessoas, deixar a carne de lado por um dia, testar novas receitas ou até mesmo experimentar o almoço em um restaurante vegetariano ou vegano, o que seria ainda melhor, pois os veganos além de não consumirem carne, não fazem uso dos laticínios, que também são perniciosos ao Meio Ambiente, a saúde e mais ainda aos animais. Comece com a segunda feira e depois, quem sabe você possa ir estendendo a dieta aos outros dias da semana.
Mais informações sobre a campanha estão disponíveis no site: http://diasemcarne.wordpress.com .
Veterinário Wilson Grassi
O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
 
 
Lido 5661 vezes