Quarta, 31 July 2013 17:35

Tosse dos Canis: conhecer para prevenir

Avalie este item
(0 votos)
 Aquela tosse enjoada que deixa seu cão inquieto, sem apetite e com febre merece muita atenção. Esses são sinais clássicos da Tosse dos Canis, uma doença semelhante à gripe causada por uma bactéria de nome Bordetella bronchiseptica e dois vírus, Parainfluienza e Adenovírus, agindo de forma isolada ou em combinação.

A tosse costuma ser seca, continua e a sensação que se tem é de que o animal está engasgado, às vezes expectorando um tipo de espuma branca. Essa tosse costuma piorar com exercícios físicos ou agitação. Em casos mais graves seu cão pode apresentar secreção nos olhos, coriza, falta de apetite e febre.

A doença é muito contagiosa e transmitida pelo contato entre animais saudáveis e secreções dos doentes. Ela pode aparecer em qualquer época do ano, porém há uma maior predisposição nos meses frios. Por isso os cuidados nesse período devem ser redobrados.

O tratamento deve ser recomendado por um veterinário e na maioria dos casos consiste no uso de antibióticos, xaropes para alívio da tosse, anti inflamatórios e, muito importante, confinamento do animal, evitando que ele fique exposto ao frio, vento e umidade. Para prevenir a doença a recomendação é vacinar a partir dos dois meses de vida, com reforço anual.

É importante salientar que nem sempre o cão que apresenta o sintoma de tosse seca está com a gripe canina. Muitas vezes este sintoma também ocorre em animais cardiopatas (animal com problemas cardíacos), particularmente nos animais idosos. Por isso, sempre é importante levar o animal em seu veterinário de confiança, para que o diagnóstico seja correto.

Fonte: Clic RBS

Lido 818 vezes