Sexta, 16 January 2015 10:38

Indiozinhos participam de palestra sobre higiene e enxergam vermes através de microscópio

Avalie este item
(0 votos)
 Nesta quarta-feira, 14 de janeiro, a ANCLIVEPA-SP, realizou a palestra “Saúde e Higiene”, na Aldeia Tekoa Pyau, localizada no Pico do Jaraguá.
IMG_20150114_104617512
O diretor científico Luciano Giovaninni falou para as crianças sobre a importância da higene pessoal para a saúde.

No local, diversas crianças convivem com mais de 400 animais, com os quais dividem espaço e zoonozes (doenças que passam de pessoas para animais e de animais para pessoas). Alem disso, o local conta a grave falta de higiene e acumulo de lixo. Descaso que já fez vítimas. “Isso é muito sério aqui. Há pouco meses, perdemos uma criança por conta de vermes. Muitas ficam doentes.” relatou Sônia Barbosa, agente escolar.

IMG_20150114_113055836
A agente escolar Sonia Barbosa relatou que várias crianças adoecem no local em função da falta de higiene.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

O local é foco constante de abandono de animais, que são acolhidos pelos moradores da Aldeia. Desde agosto de 2014, a ANCLIVEPA-SP instalou no local, uma Unidade Veterinária Móvel, para tratar desses animais, os casos graves são transferidos  para a unidades do Serviço Veterinário da ANCLIVEPA-SP  (Hospital Veterinário Público de São Paulo).

IMG_20150114_105722591_TOP

Entre as ações realizadas, também estão a instalação de câmeras em pontos estratégicos para diminuir o índice de abandono de animais e a contratação de dois índios que ficam responsáveis pela limpeza geral e recolhimento de lixo do local.

Da palestra organizada nesta quarta-feira pelo diretor  científico da ANCLIVEPA-SP, Luciano Giovaninni, participaram cerca de 100 crianças e alguns pais. Durante o evento, o diretor  falou sobre Higiene pessoal, higiene dos animais e microorganismo.

IMG_20150114_110304564
Durante a palestra, as crianças puderem ver microorganismos através de um microscópio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Precisamos muito de ações como essas. Porque aqui eles não sabem mesmo e já têm o costume de não fazer a higiene, principalmente com os bichos. Não é que não possa ter animal, pode ter. Mas é preciso cuidar, ter higiene“, disse o educador e morador da aldeia Pedro Luiz Macena.

IMG_20150114_111748336
O educador Luiz Macena ao lado do palestrante Luciano Giovaninni

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

De acordo como Luciano Giovaninni, novas ações serão realizadas, como melhorias do circuito de câmeras e a contratação de mais um funcionário para a limpeza. O diretor  frisa também que está em busca de médicos veterinários que queiram trabalhar no local. “Não é um trabalho voluntário, é remunerado e também vai agregar muito conhecimento ao profissional.”, finalizou

 

MAIS FOTOS:

IMG_20150114_110231492

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_20150114_105752848

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

IMG_20150114_105826300

Deixar uma Resposta

 

Lido 2336 vezes