Conte sua História

Conte sua História (47)


  Eu tinha apenas 1 mês de idade, quando papai e mamãe resgataram a Aninha. E ela também era um bebê de 1 mês. A encontramos quando voltávamos de uma visita à casa de minha tia, e mamãe quase morreu…
  A CONHECI QUANDO CERTO DIA IA PASSEANDO COM MINHAS DUAS CADELAS EM UM BAIRRO, CUJO LUGAR ELA FOI SEM EXPLICAÇÃO “DESPEJADA” POR UM CARRO QUE VINHA DE UMA ZONA RURAL. ELA FICAVA ME OLHANDO COMO SE QUISESSE DIZER: “ME…
Em minhas caminhadas diárias pelo Condomínio Morada da Praia em Boracéia – Bertioga, no ano de 2009, sempre aparecia para me acompanhar, um cão bebê muito carinhoso e carismático, era um mix de akita.  Ia caminhando ao meu lado, brincando…
Venho através deste email, contar minha história com o anjo Nino! Ele foi um gato abandonado em um cortiço, que foi espancado e ficou paraplégico! Resgatei, levei para um veterinário e alguns meses depois, ficamos sabendo que ele tinha uma…
No dia 12 de junho, dia dos namorados, saí da empresa às 17h40, e logo pensei no trânsito da Dutra, por que estava chovendo e normalmente trava tudo... O presente do meu marido já tinha comprado no final de semana,…
No dia 17 de janeiro de 2011, adotamos uma cachorrinha linda. Uma basset hound. Estava magérrima, mas era linda, morava em um canil onde tinha sido abandonada por um casal... Olhei para ela e ela com aquele olhar triste me…
Roy é um cão SRD, portador de sarna demodécica, que sofreu maus tratos metade de sua vida. Seu dono dava murros nele, não o alimentava direito e Roy vivia acorrentado 24 horas por dia. Foi feita uma denúncia, e nesta…
  Gostaria de relatar para vocês a minha história com o Máx, meu pequeno Labrador. Meu primeiro contato com ele foi em março de 2010, em um sábado lindo de sol e calor. Conheci o Paulo Spina, dono do Máx,…
           Alguns vão me condenar pela história que vou contar, mas mesmo assim senti vontade de escrever. Nunca gostei muito de animais, mas, mesmo assim, sempre tivemos uma cachorra em casa, a Tulipa, que era do meu marido e ele…
Eu não vou desistir dos animais, mas procurarei ser menos "impulsiva". Pensei que os anos me trariam mais racionalidade, mas sou do signo de "Peixes" e assim continuo chorona, impulsiva e outros adjetivos (positivos e negativos). A Dra. Bete estava…
Pagina 1 de 3