Sexta, 23 March 2012 15:20

Saiba como cuidar dos dentes do seu animal

Avalie este item
(0 votos)

Foto: Site Animais de Estimação


Os dentes dos cães e gatos são merecedores de atenção, haja vista que hoje são diversos os veterinários especializados em odontologia. Isso mesmo! Veterinários e clínicas, onde só entra quem vai tratar dos dentes do seu animal. Diversos são os tratamentos para restauração de dentes e saúde da gengiva, mas o mais comum e rotineiro é a limpeza do tártaro, que é uma placa marrom, formada por bactérias e resíduos de alimentos e que fica aderida ao dente, provocando além do mau hálito, amolecimento dos dentes, retração da gengiva, dores e finalmente a perda do dente. Por isso é que animais com quantidade significativa de tártaro passam por um procedimento

de limpeza dos dentes.

Dá para prevenir o tártaro?

Sim! A melhor prevenção é evitar alimentos úmidos e pastosos, como pão e massas, que fi cam aderidos aos dentes. A ração também pode formar tártaro, mas em quantidade bem menor. O outro item da prevenção é a escovação, pois os resíduos inicialmente são moles e só vão se petrificando com o tempo, ou seja, se você teoricamente escovar os dentes do seu cão diariamente, a escova retiraria toda sujeira e não haveria problema lá na frente.

Biscoitos e ossinhos removem o tártaro? Não! Aquele tártaro já formado e endurecido só sai com remoção cirúrgica, mas esses biscoitos podem ajudar a diminuir a formação das placas, devido ao atrito com os dentes, portanto, use-os como auxílio para não piorar,e não como tratamento. Para fazer uma boa limpeza nos dentes do seu bicho, ele será sedado ou anestesiado. Tem de ser assim para a segurança do veterinário e dele também, pois são usados instrumentos pontiagudos e ultrassom dental. Após a limpeza há a necessidade de um polimento para o dente ficar lisinho e não acumular sujeira rapidamente. Após uma limpeza, a escovação frequente é importante para evitar o retorno do tártaro.

Por falar em escovação, primeiro certifique-se que seu cão tem um temperamento que permite este procedimento. Filhotes acostumados a isso desde pequenos aceitam bem. Em adultos, comece esfregando uma gaze umedecida em poucos dentes, e depois dê um agrado a ele. Aos poucos, à medida que um for confiando no outro, vá caprichando mais, até conseguir dar uma boa escovada. Tem escova própria para cachorro, com cabo, e tem também em forma de dedal (eu prefiro).

Existe pasta específica para animais, ou então você pode usar pasta de criança, que vem sem flúor, assim não tem problema se eles engolirem uma pequena quantidade.

Com que frequência devo escovar os dentes dos cães?

Logicamente seria interessante escovar todo dia, tendo em vista que nós, animais humanos, escovamos ou deveríamos escovar nossos dentes quatro vezes ao dia, mas devemos ser realistas: ninguém, a não ser alguém que tenha um secretário só para cuidar de seus bichos, vai ter tempo ou disposição para escovações diárias. Eu considero que se você escovar os dentes do seu cão sempre que ele tomar banho, e isso desde que ele tome banho regularmente, estará de bom tamanho e ainda você estará fazendo muito mais do que a maioria faz. Ou melhor, não faz!

Se você realmente não tiver tempo para, além de outros cuidados, ainda escovar os dentes do seu amigo, tem então mais um bom motivo para evitar que ele coma alimentos e guloseimas em vez de ração.


Veterinário Wilson Grassi
Lido 6654 vezes